Novo álbum de Spiritualized chega a 7 de setembro

  

Jason CAR Credit Juliette Larthe

'And Nothing Hurt' tem como singles de avanço os temas 'I'm Your Man' e 'A Perfert Cicle'.

Trata-se do primeiro trabalho discográfico em 6 anos assinado por Jason Pierce - AKA J. Spaceman -, que gravou praticamente sozinho estas 9 canções no piso de cima da sua casa em Londres. «Fazer este disco sozinho deixou-me mais louco do que qualquer outra coisa que tenha feito anteriormente. Temos tocado grande shows e eu quis captar esse som mas sem os fundos para tal. Tive de encontrar uma forma de contornar as contingências financeiras. Por isso comprei um laptop e fiz tudo num quartinho da minha casa», explicou o músico inglês que fundou os Spiritualized em 1991.

Spiritualized And Nothing Hurt

«O maior desafio foi fazer com que soasse como uma gravação de estúdio. Mas eu era novato naquilo, não tinha todos os recursos que as pessoas usam quando gravam discos – simplesmente fiquei ali semanas... meses... a tentar melhorar o som», conta. E este pode ir do registo mais doce a fazer lembrar uma canção de embalar ao mais puro punk sónico.

Liricamente, 'And Nothing Hurt' fala de tempo e aceitação. «Não é que eu queira lutar contra a minha idade. Tem tudo a ver com aceitação. E não com qualquer insatisfação. Não me estou a revoltar contra o inevitável. Pensei muito na forma como as canções se unem, tentando fazer com que as narrativas façam sentido em vez de serem apenas um par de versos que rimam», explica Jason de 52 anos. A determinado ponto, acreditou que este poderia mesmo ser o último disco dos Spiritualized. «Foi tão trabalhoso, tão duro fazer um disco como este sozinho. Foi como se, se não chegasse ao ponto da loucura, não fosse ficar bom. O maior objetivo é fazer algo que seja merecedor de tanto tempo e energia. O aspeto mais positivo de fazer discos é que depois podemos tocá-los ao vivo. Isso é sempre o mais saboroso». Verdade, Portugal já teve oportunidade, em várias ocasiões de comprovar como os Spiritualized são de facto especiais ao vivo. Londres, Paris, Nova Iorque, Los Angeles, Barcelona, Madrid e Berlim são, até ao momento, as paragens da tour mundial a cumprir em setembro e outubro.

(foto de Juliette Larthe)