Protocolo IPL Indústria com mais financiadores

  

ipl bolsas

No próximo ano letivo sobe para 32 o número de empresas que patrocinam 40 bolsas de estudo IPL Indústria a estudantes de oito cursos do Politécnico de Leiria, lecionados na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria, com destaque para 19 bolsas a atribuir a estudantes de Engenharia Mecânica.

Os resultados positivos do protocolo firmado entre o Politécnico de Leiria, a Associação Empresarial da Região de Leiria (NERLEI) e a Associação Nacional de Indústria de Moldes (CEFAMOL) foram apresentados no VI Encontro IPL Indústria, numa sessão que juntou convidados e empresários da Região, para realçar a ligação já consolidada entre a Academia e a Indústria.

Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria, destacou os conceitos da letra "i" que aparece três vezes no nome do protocolo "IPL Indústria". Assim, começou pela Inovação, na medida em que é um evento único, que liga o Politécnico de Leiria às empresas regionais e nacionais. «Existe uma dimensão de responsabilidade social neste protocolo, que não se encontra noutros projetos similares que surgiram posteriormente. É ainda um projeto inovador por promover a empregabilidade qualificada dos nossos diplomados», salientou Rui Pedrosa.

«O segundo "i" corresponde à Investigação, já que muitos dos projetos são orientados para o desenvolvimento da economia local e regional, e deste território», afirmou o presidente do Politécnico de Leiria. «O último "i" é de Internacionalização, em que deixo o desafio de fazer deste um projeto internacional, implementá-lo além-fronteiras.» Rui Pedrosa terminou com palavras de incentivo para continuar «este projeto que muito nos orgulha e que é mais um exemplo de inovação e criatividade da Região de Leiria».