IPCA representado no ID+ Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura

  

IMG 5285

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (representado pela Escola Superior de Design) é uma das três instituições que apoia o ID+ (Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura).

O ID+ foi fundado em 2008 e é um consórcio cuja vocação é a investigação multidisciplinar, sendo traduzido numa rede de pólos sediados em instituições de ensino superior ou de investigação. Desenvolve-se nos domínios do Design, dos Media, da Arte e de outras áreas culturais e criativos existentes em Portugal e em redes internacionais de cooperação, junto do universo científico nacional e internacional.

Atualmente composto por 72 membros integrados (um dos quais é a diretora da Escola Superior de Design/IPCA), 12 colaboradores doutorados, 44 doutorandos e 34 outros estudantes ou profissionais, sendo que se destacam 14 professores de carreia da ESD do IPCA.

Na 2ª edição (2014) a equipa do ID+ foi responsável pelo comissariado das iniciativas: Concurso “Desfrutar o Tejo” para Design de mobiliário urbano (por convite),  International Design Competition e programa More Design, More Industry (residências de jovens designers tutoreadas por seniores).

Estas duas últimas iniciativas deram origem à exposição “A experiência de ser” com curadoria e design de membros do ID+, apresentada em Beijing (2014) e Paredes (2015). Os projetos vencedores do concurso “Desfrutar o Tejo” foram prototipados em empresas de Paredes e estão expostos no Cais do Sodré em Lisboa.

O IPCA, representado pela Escola Superior de Design, a Universidade de Aveiro (Departamento de Comunicação e Arte) e a Universidade do Porto (Faculdade de Belas Artes) são as três instituições que, neste momento, ancoram o ID+, Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura.

 

 

 

 

IPCA representado no ID+ Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura
 
 
O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (representado pela Escola Superior de Design) é uma das três instituições que apoia o ID+ (Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura).
 
ID+ foi fundado em 2008 e é um consórcio cuja vocação é a investigação multidisciplinar, sendo traduzido numa rede de pólos sediados em instituições de ensino superior ou de investigação. Desenvolve-se nos domínios do Design, dos Media, da Arte e de outras áreas culturais e criativos existentes em Portugal e em redes internacionais de cooperação, junto do universo científico nacional e internacional.
 
Atualmente composto por 72 membros integrados (um dos quais é a diretora da Escola Superior de Design/IPCA), 12 colaboradores doutorados, 44 doutorandos e 34 outros estudantes ou profissionais, sendo que se destacam 14 professores de carreia da ESD do IPCA.
 
Na 2ª edição (2014) a equipa do ID+ foi responsável pelo comissariado das iniciativas: Concurso “Desfrutar o Tejo” para Design de mobiliário urbano (por convite),  International Design Competition e programa More Design, More Industry (residências de jovens designers tutoreadas por seniores).
 

Estas duas últimas iniciativas deram origem à exposição “A experiência de ser” com curadoria e design de membros do ID+, apresentada em Beijing (2014) e Paredes (2015). Os projetos vencedores do concurso “Desfrutar o Tejo” foram prototipados em empresas de Paredes e estão expostos no Cais do Sodré em Lisboa.

 

O IPCA, representado pela Escola Superior de Design, a Universidade de Aveiro (Departamento de Comunicação e Arte) e a Universidade do Porto (Faculdade de Belas Artes) são as três instituições que, neste momento, ancoram o ID+, Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura.