Corpo Europeu de Solidariedade potencia voluntariado nos jovens

  

Diretor Agencia Erasmus Juventude em Acao Apresentacao Corpo Europeu de Solidariedade

Programa, implementado a nível nacional pela Agência Erasmus + Juventude em Ação, cria oportunidades para jovens dos 17 aos 30 anos.

A Agência Erasmus+ Juventude em Ação acaba de apresentar o "Corpo Europeu de Solidariedade", programa lançado pela União Europeia e que se dirige a jovens entre os 17 e os 30 anos, permitindo a realização de projetos de voluntariado, no próprio país ou no estrangeiro, em benefício de pessoas e de comunidades de toda a Europa. O programa – cuja implementação, a nível nacional, está a cargo da Agência Erasmus + Juventude em Ação – conta com um orçamento de 376 milhões de euros (para o período 2018-2020), que serão investidos na promoção do espírito de solidariedade dos jovens, permitindo que adquiram experiência no terreno.

Todos os jovens que pretendam, agora, desenvolver atividades relacionadas com a proteção do ambiente, educação, receção e integração de refugiados ou com a prevenção, preparação e recuperação em caso de catástrofes naturais poderão candidatar-se a este novo programa. Os jovens participantes – que poderão formar grupos de pelo menos cinco participantes e criar e gerir as suas próprias atividades de solidariedade – terão, assim, as despesas de viagem e seguro, alimentação e alojamento, suportadas pelo programa, bem como uma verba para usarem durante todo o período da sua atividade.

Refira-se, ainda, que este programa prevê o financiamento de ações de voluntariado e, ainda, o apoio à realização de estágios e de empregos nestas áreas, sendo que, no campo do voluntariado, possibilita que um grupo de participantes de diferentes países se junte e possa trabalhar em conjunto. O regulamento acordado entre o Parlamento Europeu e o Conselho Europeu (Estados-membros) determina que 90 por cento do apoio financeiro será consagrado às colocações em ações de voluntariado e 10 por cento em estágios e empregos que ajudem jovens dos 17 aos 30 anos a adquirir competências e conhecimentos para o futuro.

Para Luis Alves, diretor da Agência Erasmus + Juventude em Ação, "é um privilégio ser responsável pela implementação de um programa tão importante, que vem comprovar o papel e a posição diferenciadora que a Agência assume no panorama nacional". "Graças a esta iniciativa, conseguiremos chegar a mais jovens, promover projetos de mobilidade – pensados por jovens portugueses, que serão desenvolvidos em território nacional e outros – e, mais importante do que tudo, conseguiremos apoiar projetos que colocarão verdadeiramente em prática a solidariedade na sua forma mais ampla", conclui o responsável.

Os jovens portugueses já se podem inscrever na plataforma do Corpo Europeu de Solidariedade, através do Portal Europeu de Juventude, sendo que a data limite de candidaturas para 2018 é 16 de outubro. Refira-se, ainda, que são quase 5.000 os jovens nacionais que já se inscreveram no Corpo Europeu de Solidariedade, resultados que colocam Portugal no top cinco das nacionalidades com mais inscrições, depois de Espanha, Itália, França e Alemanha.